Dicas de segurança para uma boa compra


A internet abriu o hobby do colecionismo até multidões de pessoas que anteriormente não podiam comprar seus bonecos localmente, mas agora, com a rede mundial , você pode obter praticamente qualquer coisa que você desejar. Porém, você tem que tomar alguns cuidados para não cair nas mãos de pessoas más intencionadas!

A maior desvantagem disto tem sido o enorme aumento na fraude, scammers (pessoas que criam perfis falsos e/ou e-mails falsos e/ou contas falsas, para obter vantagens financeiras em cima dos outros. Para chegar a tanto, os scammers precisam criar algo e fazer com que a vítima realmente acredite naquilo.) e impostores na rede.
Mas se você seguir as seguintes etapas para encontrar um varejista online verdadeiro,  de com boa reputação e que você não tenha quaisquer problemas.

Em quem confiar?
As etapas a seguir são como eu costumo encontrar um novo fornecedor quando estou procurando algo:
• Pesquisa no Google no item
• Olhe para os dez melhores sites listados
• Verifique os preços, despesas de expedição + manuseio, prazos de entrega, política de retorno e detalhes de contato em cada site. Se alguma destas informações estiver faltando  então eu retiro da minha lista.
• Enviar um e-mail tirando as dúvidas – Faço isso por duas razões, para ver quanto é rápido o seu tempo de resposta e serviço ao cliente, além de certificar se há alguém trabalhando lá!
• No Google digite o nome do site – esta é uma excelente maneira de descobrir se há alguma reclamação ou má imprensa contra o site.

IMPORTANTE: No entanto, tenha em mente que a maioria das pessoas são rápidas para reclamar, mas raramente escrevem algo bom sobre um site ou empresa. Portanto, se você encontrar uma queixa sobre um determinado site, isso é improvável que significa que é um site RUIM. Você também precisa levar em consideração o quanto o site é comprometido e o número de reclamações em proporção ao número de visitantes que recebe. Estas informações você pode facilmente conseguir em Alexa.

• Pequena lista dos três primeiros, comparando seus preços, as despesas de envio e a política de devoluções. Em seguida, faça um “julgamento” e ordene suas melhores escolhas.
Inicialmente fazer esta ordem é suficiente para que, se houver um problema, não será grande a perda, mas ao mesmo tempo é algo que você precisa. Isso vai servir como um bom teste de seu serviço e qualidade.
Siga estas etapas simples e você deve encontrar um negociante respeitável sem correr o risco de perder o seu dinheiro.
Mais importante é verificar a sua política de devoluções ou estoque de danificados, pois muitas figuras de ação são frágeis e se não for embaladas corretamente são facilmente danificados no postar.
Tendo sido tanto um varejista e comprador eu sei por experiência dura que a agência postal  muitas vezes jogam seus pacotes sem qualquer verificação do que pode estar dentro e sem qualquer atenção da etiqueta “FRÁGIL” no exterior.

Fonte: Action Figure Resource

Anúncios

Cacareco – Manufatura de Brinquedos Estrela S.A.

Cacareco foi um rinoceronte do Zoológico de São Paulo que, nas eleições de outubro de 1959 para vereador da cidade, ganhou cerca de 100 mil votos. À época, a eleição era realizada com cédulas de papel e os eleitores escreviam o nome de seu candidato de preferência.

Cacareco foi um dos mais famosos casos de voto de protesto ou voto nulo em massa da história da política brasileira, uma vez que se tornou o “candidato” mais votado do pleito: o partido mais votado não chegou a 95.000 votos.

 

Após o resultado das eleições, Stanislaw Ponte Preta comentou no jornal Última Hora que “diversos membros da cúpula do PSP andaram rondando a jaula de Cacareco, para o colocarem no lugar de Adhemar de Barros”. Já o então presidente Juscelino Kubitschek declarou: “Não sou intérprete de acontecimentos sociais e políticos. Aguardo as interpretações do próprio povo”.

A ideia de lançar o animal como candidato teria sido do jornalista Itaboraí Martins, em protesto contra o baixo nível dos outros 450 concorrentes. O fato se tornou notório e serviu como referência para várias análises de percentuais no Brasil de voto nulo e dos chamados votos de protesto.

Cacareco ganhou até um slogan: “É melhor votar em um rinoceronte, do que em um asno”.

 

Nesta data a Manufatura de Brinquedos Estrela S.A. aproveitou da popularidade da célebre rinoceronte ( na verdade era fêmea) e produziu uma estatueta dela em plástico vinil de múltiplas cores. Ainda havia um dispositivo que ao apertar, emitia um som característico.

 

Abaixo outro peculiar objeto do referido rinoceronte (data não determinada).

 

 

 

Fontes:

Wikipedia

 

Resenha #01: Swamp Thing – Kenner (1990)

Antes de falarmos sobre as figuras do Swamp Thing (Monstro do Pântano) vocês precisam saber de algumas informações importantes sobre o personagem:

Revistas em quadrinhos Swamp Thing

Swamp Thing (Monstro do Pântano) é um personagem de origem dos quadrinhos, criado por Len Wein e Bernie Wrightson. O personagem apareceu pela primeira vez em House of Secrets #92 (Julho de 1971); no ano seguinte ganhou sua edição própria -o  Swamp Thing #1 (Novembro de 1972) e mais tarde, entre 11 de fevereiro de 1982 (data da loja) e maio de 1982 (data da capa),  The Saga of the Swamp Thing – escrito por Martin Pasko e seguidamente repassado para o escritor britânico Alan Moore, a partir do The Saga of Swamp Thing #20, de 01 de janeiro de 1984 (data da capa).

house-of-secrets-92-cover

House of Secrets #92 (Data da capa: 1 de julho de 1971 | Data na loja: N/A)

dc-comics-swamp-thing-1-1972-nm-near

Swamp Thing #1 (Data da capa: 1 de novembro de 1972 | Data na loja: N/A)

scan0175

The Saga of Swamp Thing #1 (Data da capa: maio de 1982 | Data na loja: 11 de fevereiro de 1982) – escrito por Martin Pasko

s-l16001

The Saga of Swamp Thing #20 (Data na capa: 01 de janeiro de 1984 | Data na loja: N/A) – escrito por Alan Moore

Curiosidades

[01.] Outro monstro vegetal

The Heap (Hillman Periodicals)

The Heap fez sua primeira aventura na revista Air Fighters Comics #3, em 01 de dezembro de 1942 (Data da capa).

0

A revista conta a história de Baron Eric von Emmelmann, um ás da aviação alemão da Primeira Guerra Mundial que foi abatido em 1918 sobre um pântano polonês. Através das décadas seu corpo deteriorado se mistura com a vegetação ao seu redor tornando-se um, até que durante os primeiros anos da Segunda Guerra Mundial finalmente surgiu a partir da lama como The Heap.

[02.] Vínculos  entre Man-Thing, Swamp Thing e The Heap

Man-Thing / Homem-Coisa ou Coisa Humana (Marvel Comics) e Swamp Thing / O Monstro do Pântano (DC Comics)

4807473-swampthingvsman-thingbluredge

O personagem Man-Thing fez sua primeira aparição no dia 01 de maio de 1971 em Conan The Barbarian Starring in Savage Tales #1. No dia 01 de julho de 1971 a DC Comics lançou seu homólogo, na revista House of Secrets #92 cujo título da história chamava-se Swamp Thing.

No ano seguinte este último personagem ganhou sua edição própria: Swamp Thing #1 (01 de novembro de 1972), com o título: Dark Genesis.

Já o Man-Thing (Homem-Coisa) só conquistou sua primeira publicação solo – Man-Thing #1-  em janeiro de 1974.

Segundo a Nerdy Facts e uma entrevista de Steve Gerber – roteirista do Man-Thing;  em certa época, ele e Len Wein – um dos idealizadores de Swamp Thing – foram companheiros de quarto. Devido às estreias muito próximas de cada personagem, é improvável que  houvessem plagiado um do do outro. Conway trabalhara na Marvel em 1975 e voltou para essa companhia como editor-chefe em 1976, depois que Wein havia deixado o mesmo cargo. Gerber pediu mais tarde a Wein que descrevesse a premissa do Swamp Thing, e reescreveu o Man-Thing para ser tão diferente da criação de Wein quanto fosse possível.

O precursor mais conhecido de ambos os personagens foi o monstro vegetal conhecido como The Heap, cuja primeira aparição foi numa revista da Editora Hillman em 1942. The Heap foi mencionado por Alan Moore em sua introdução do Parlamento das Árvores, ainda que não pelo nome.

3710250-the_heap

Enquanto os leitores conheciam com The Heap, nas histórias dos personagens, muitas vezes o chamava de Hulk.

Mas mesmo esse personagem pode dever sua existência a uma história anterior – de 1940 – escrita por Theodore Sturgeon intitulada It, em que um monstro feito de vida vegetal deteriorada e de um cadáver humano, cria pânico em uma fazenda.

f6e16a481af826573af5771145e3e6b1

Série de tevê Swamp Thing

Nos anos 1990 a série animada baseada no herói homônimo dos quadrinhos da Vertigo / DC Comics foi produzida pela extinta DIC Entertainment – atualmente propriedade de DHX Media após ter adquirido toda biblioteca da Cookie Jar Entertainment em outubro de 2012. O episódio piloto foi exibido em 31 de outubro de 1990 e no mesmo ano foram fabricadas a coleção de figuras baseadas no desenho pela fabricante de brinquedos Kenner. Apesar do curto período que o desenho foi transmitido, várias mercadorias relacionadas também foram produzidas em 1991, resultando na única plataforma de marketing significativo já criado para o personagem e o programa.

s-l160074

Figuras do Swamp Thing

Em 1990, Kenner produziu uma linha de figuras de ação do Swamp Thing com veículos e playsets que serviram como uma contrapartida direta da série animada. Arcane e seus Un-Men incluindo figuras translúcidas, BioMask – acessórios de borracha que dão efeito de transformação em criaturas monstruosas. Os olhos das figuras também brilham no escuro, um recurso popular na época das figuras da de ação. A máquina transdutor de Arcane inclui ainda a figura de Bayou Jack mutado para o louva-a-deus (Mantidae). Alguns acessórios também foram reutilizados em 1992 em The Original Battle Trolls, da Hasbro.

0198-copy

BEATTY, Scott;The DC Comics Action Figure Archive, Chronicle Books, 20 de janeiro de 2008, 208 páginas, página 188

Series 1 (1990)

  • Bio-Glow Swamp Thing
  • Camouflage Swamp Thing
  • Capture Swamp Thing
  • Snap Up Swamp Thing
  • Snare Arm Swamp Thing
  • Bayou Jack
  • Tomahawk
  • Anton Arcane
  • Deemo
  • Skinman
  • Weed Killer

Vehicles & playsets (1990)

  • Bayou Blaster
  • Bog Rover
  • Marsh Buggy
  • Swamp Trap
  • Transducer (w/ Mantid figure)

Series 2 (1991)

  • Capture Swamp Thing
  • Climbing Swamp Thing

001002

003004

1ª Série 

Swamp Thing

Bio-Glow Swamp Thing
Action Arm Swing Ax and Mace

s-l1600

Camouflage Swamp Thing
with Vine Snare
Changes color to blend with surroindings

s-l160021

Capture Swamp Thing
with Organic Net and Cypress Club

s-l160064

Snap Up Swamp Thing
With Log Bazooka

s-l160017

Snare Arm Swamp Thing
with Vine Winch Arm and Monster Trap

s-l1600

snarearm-4

Heroes (Heróis)

Bayou Jack
With Swamp Thing Water Blaster

s-l160027

Tomahawk
With Swift Shot Crossbow

s-l1600-1

Evil Un-Men Villains (Vilões Un-Men)

Evil Un-men: Anton Arcane
Evil Scientist Leader with Spidery BioMask

s-l160037

arcane

Dr. Deemo
With Serpent BioMask

s-l160040

drdeemo

Skinman
With Fangbat BioMask

78c713a891c842154ff3

Weed Killer
With Bogsucker BioMask

s-l160045

Vehicles &  Playsets (Veículos & Playsets) – 1990

Swamp Thing Bayou Blaster
With Firing Torpedo and Thrashing Blad

s-l160048

s-l160049

s-l160050

img_0563

Swamp Thing Bog Rover
With Launching Grappling Missile

s-l160051

2013-02-25-21-23-12

Swamp Thing Marsh Buggy 
With Vehicle with Giant Grabbing Claws

s-l160052

s-l160053

swamp_thing_kenner_marsh_buggy_vehicle

Insira uma legenda

57-1

Swamp Thing Swamp Trap 
With Vine Snare and Giant Venus Fly Trap

32

Swamp Thing Transducer Playset
Bio-Mutador changes Men into Monsters
Comes with Mutated Insect Figure

2ª Série 

Swamp Thing

No Kenner Spring ’92 Toy Fair Catalog apresenta uma página total de produtos da segunda série das figuras de ação Swamp Thing (Monstro do Pântano).

Neste catálogo há nove figuras do Swamp Thing (Monstro do Pântano)  presentes no livro, cinco destes foram fabricadas e vendidas em lojas.

image_2

© Roots of the Swamp Thing

Capture Swamp Thing
with Organic Net and Cypress Club

s-l160024

Climbing Swamp Thing
With Bayou Staff and Shield of Reeds

s-l5001

Neste catálogo mostra também quatro figuras ilusórias, inéditas. São elas:

Constricting Swamp Thing

Esta figura usa varas como armamento, seus pés parecem atolados na lama e foi reutilizada o corpo do Bio-Glow Swamp Thing.

image_3

© Roots of the Swamp Thing

image_13

Figura Constricting Swamp Thing

Constricting Swamp Thing coloca a pressão sobre vilões contraindo-os contra seu corpo. As crianças podem girar o braço de bobina em meio da seção e capturar o Un-MEN”.

Scorcher

A intenção de ser um dos capangas Un-Men do Arcane. Este personagem nunca apareceu no desenho animado e muito menos  chegou às lojas. O corpo foi mais tarde utilizado na linha de brinquedos RoboCop Ultra Police e com o mesmo nome. A arma foi reutilizada e associada a Claw Callahan, outra figura na linha RoboCop Ultra Police.

image_1

© Roots of the Swamp Thing

image_12

Figura Scorcher 

Este eco-vilão é apenas um pedaço ardente de mutante.  Scorcher é outro membro  dos Un-Men, que gosta de pulverizar com chamas o pântano.

Alligator Swamp Thing
Esta é a única figura dos quatro fora dos catálogos de brinquedo. O acessóriodo personagem – a arma parecido de madeira – parece como uma ideia adicional.

image_6

© Roots of the Swamp Thing

image_14

Figura Alligator Swamp Thing

O último camaleão Alligator Swamp Thing pode assumir a forma de qualquer planta ou animal no pântano. Ele se transforma em um jacaré com mandíbulas de mola para capturar o Un-MEN.

O projeto acabou sendo reaproveitado para a linha de brinquedos limitada dos GI Joe, Manimals – foto abaixo à esquerda. A figura Swamp Thing no formato de jacaré pode ser visto à direita.

image_11

© Roots of The Swamp Thing

Defoliator Arcane

Tal como os outros vilões ST inéditas, o corpo e as armas foram reutilizadas para linha de brinquedos da RoboCop Ultra Police. Esta figura especial foi reutilizada como a figura no Toxic Waster Vandals RoboCop.

image_7

© Roots of the Swamp Thing

image_15

Figura Defoliator Arcane

Arcane está de volta, e ele está pronto para destruir o Swamp Thing. No seu traje de proteção e mochila, Arcane é o único que é se encontra seguro de sua arma química de pulverização (água).

O catálogo também veio com um pacote de Kenner em relação aos seus números linha de partida. O pacote inclui uma carta de formulário, formulários de pedidos e listas de linhas de figura.

image_4

© Roots of the Swamp Thing

image_8

© Roots of the Swamp Thing

image_10

© Roots of the Swamp Thing

De acordo com uma fonte da internet, a Kenner investiu aproximadamente 6 milhões de dólares na linha de figura de Swamp Thing (Monstro do Pântano). Este site também afirma que, de acordo com Kenner, os resultados dos testes – que utilizaram com crianças do sexo masculino, entre as idades de 6 a 11 anos – este produto se mostrou ser mais popular do que G.I. Joe e Teenage Mutant Ninja Turtles.

Ainda o proprietário do site havia especulado por toda a comunidade de colecionadores de brinquedo, se o Swamp Thing (Monstro do Pântano) teria sido incluído na quarta série não produzida do Super Powers Collection da Kenner e que a figura Bio-Glow Swamp Thing pode ter sido baseada no protótipo. Isto é devido ao mecanismo do braço oscilante da figura, recurso semelhante ao observado no Super Powers Collection. No entanto, esses rumores já foram refutadas pela descoberta de novas informações sobre a quarta e quinta séries proposto do Super Powers Collection.

OBSERVAÇÕES:

A Kenner Products era uma empresa de brinquedos americana fundada em 1947. Ao longo de sua história a marca Kenner produziu vários brinquedos altamente reconhecíveis e linhas de mercadorias, incluindo a série original de Star Wars e figuras de ação do Jurassic Park. A empresa foi fechada e incorporada pela Hasbro em 2000.

—————————————————————————————————————————————————-

Complemento: Outras Produções

O foco real da #Resenha é somente sobre o surgimento da figura em questão, porém como complemento deixo outras curiosidades a respeito do nosso amigo pantanoso:

Swamp Thing / O Monstro do Pântano (1982)

swamp_thing

O filme de 1982 foi escrito e dirigido por Wes Craven, com base nos personagem de mesmo nome da DC Comics (mais tarde Vertigo Comics )  criado por Len Wein e Bernie Wrightson . Ele conta a história de cientista Alec Holland (Ray Wise), que se transforma no Swamp Thing / Monstro do Pântano (Dick Durock) por meio de uma sabotagem do laboratório orquestrada pelo maldoso Anton Arcane (Louis Jourdan). Mais tarde, ele tem a ajuda a uma mulher chamada Cable Alice (Adrienne Barbeau) e enfrenta o homem responsável por tudo isso, o implacável Arcane

il_570xn-1084193306_hlky

Crédito da imagem : Zuul’s Stash

 

The Return of Swamp Thing /A Volta do Monstro do Pântano (1989)

the-return-of-swamp-thing-movie-poster-1989-1020195482

O segundo filme da franquia e a continuação de 1982 foi produzida em 1989; dirigido por Jim Wynorski, com um tom mais leve do que a sua ficção científica de horror antecessor. Swamp Thing (Monstro do Pântano) retorna para lutar contra o malvado Dr. Arcane, que tem um novo laboratório repleto de criaturas transformadas por mutação genética, e escolhe Heather Locklear como seu novo alvo.

Swamp Thing: The Series (1990–1993)

3917109-1990-annual-swamp-thing-ad

Em 1990 estreou a série de televisão Swamp Thing, baseada no personagem da DC Comics / Vertigo Comics. Ele teve sua primeira apresentação no canal americano USA Network em 27 de Julho de 1990, e durou três temporadas, num total de 72 episódios. O último episódio da terceira temporada (Episódio #39: That’s a Wrap) foi ao ar no dia 11 de maio de 1993. Mais tarde o programa foi mostrado em reprises no canal Sci Fi Channel.

Swamp Thing NES (1992)

new-swamp-thing-cart

tumblr_o19ahgtcef1uh3rh7o1_1280

Data de lançamento inicial: dezembro de 1992
Estúdio: THQ
Modo: Jogo eletrônico para um jogador
Gênero: Jogo eletrônico de plataforma
Plataformas: Nintendo Entertainment System, Game Boy
Desenvolvedores: Imagineering, Equilibrium

46814_back

Swamp Thing é uma plataforma de vídeo game para o NES e Game Boy . Baseado na série animada de mesmo nome , que foi publicado pela THQ e lançado Dezembro de 1992.
Um título Monstro do Pântano foi também em desenvolvimento pela Microsmiths para o Sega Mega Drive / Genesis , mas foi cancelado. Teria sido publicada por NuVision entretenimento.

Além destes mencionados há vários outros artigos de coleção do Swamp Thing não catalogado aqui, como: peças de vestuários, áudios, estatuetas, brinquedos, jogos, artesanato, coleção de cromos, posters, impressos de imagens, lobby cards (cartões promocionais), filmes e arte de produção original e diversos colecionáveis.

O guia das figuras de ação vintage da Marvel

A Marvel é responsável pela criação de algumas das franquias de super-heróis mais populares, incluindo X-Men, Homem-Aranha (Spider-Man), Hulk, Quarteto Fantástico (Fantastic Four), Homem de Ferro (Iron Man), Capitão América (Captain America:) e Os Vingadores (The Avengers ). Você pode encontrar figuras de ação de quase todos os personagens da Marvel para sua coleção. De forma a tornar sua compra bem informada e saber mais sobre as figuras de ação vintage da Marvel disponíveis, segue um curto guia.

Figuras de Ação Vintage dos X-Men

Marvel originalmente lançou figuras de ação dos X-Men em 1991. O conjunto inclui os vilões Apocalipse (Apocalypse), Magneto, Fanático (Juggernaut), e Arcanjo (Archangel), e os heróis Colossus, Ciclope (Cyclops), Noturno (Nightcrawler), Tempestade (Storm), e Wolverine. Todas as figuras de ação apresentam articulações nos ombros, cotovelos, quadris e joelhos. Além destas figuras serem articuladas, os traje de cada uma é uma descrição precisa do traje nos quadrinhos. Os bonecos dos X-Men ainda em sua embalagem original são mais valiosos do que os valores retirados de suas embalagens.

Figuras Ação Vintage do Homem-Aranha (Spider-Man)

Em 1994, a Marvel liberou as figuras de ação do Homem-Aranha (Spider-Man), incluindo cinco vilões clássicos do Homem-Aranha e duas versões diferentes do próprio Aracnídeo. Os vilões incluem Carnificina (Carnage), Duende Macabro (Hobgoblin), Smythe, o Dr. Octopus (Dr Octopus) e Venom. A figura “Spider-Man Animated Series: Web Racer” pode deslizar para trás e para adiante através de um pedaço de corda fixada através dos braços. No entanto, por esse motivo os braços não são articulados.

A outra figura – “Spider-Man Animated Series: Web Shooter” pode disparar uma teia de plástico presa em seu punho, mas somente tem plena articulação em apenas em um braço. Todas as outras figuras possuem articulações nos ombros, braços, quadris e joelhos.

Figuras de Ação Vintage do Quarteto Fantástico (Fantastic Four)

As figuras de ação vintage do Quarteto Fantástico (Fantastic Four) apresentam grande detalhe e articulações nos ombros, antebraços, quadris e joelhos. Originalmente a Marvel lançou-os em 1994 e o conjunto apresenta três vilões, bem como seis heróis. Os heróis incluem Raio Negro (Black Bolt), Tocha Humana (Human Torch), Mulher Invisível (Invisible Woman), o Sr. Fantástico (Mr Fantastic), Surfista Prateado (Silver Surfer) e o Coisa (Thing), enquanto os vilões incluem Dr. Destino (Dr. Doom), Toupeira (Mole Man) e Terrax. Encontrar estes bonecos Marvel em sua embalagem original é um pouco difícil, mas eles são mais valiosos do que as figuras sem embalagem.

Figuras de Ação Vintage do Homem de Ferro (Iron Man)

Todas as figuras da série do Homem de Ferro no conjunto têm uma habilidade especial. A Marvel lançou o conjunto originalmente em 1994. Possui três vilões, Backlash, Gárgula Cinzento (Grey Gargoyle – Paul Duval)  e o Mandarim (Mandarin). O Backlash possui uma ação no braço que açoita com o chicote, já´o Gárgula Cinzento (Grey Gargoyle – Paul Duval) tem ação de lançamento de tijolo e o Mandarim (Mandarin) tem as mãos que se acendem. Esta série tem duas figuras de Homem de Ferro com armaduras diferentes, bem como uma figura com armadura “War Machine” e uma figura da Mulher-Aranha (Spider-Woman). Cada uma das figuras de Homem de Ferro vem com armadura removível, um apresenta armadura hidro, enquanto o outro tem a armadura do Homem de Ferro clássico. O Homem de Ferro com armadura “War Machine” também tem armadura removível e a Mulher-Aranha tem ação de arremesso  de teia.

Propagandas da Atari

Propaganda de 1977 da Atari. Comercial dublado e veiculado no Brasil. A Atari foi fabricada no Brasil pela Polyvox.

Propaganda norte-americana de 1978 da Atari. Participação de Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido como Pelé.

Propaganda norte-americana de 1981 da Atari. Participação do jogador profissional de basquete da NBA, Kareem Abdul-Jabbar (Ferdinand Lewis Alcindor, Jr.), o piloto Mario Andretti (Mario Gabriele Andretti) e o jogador de futebol Pelé (Edson Arantes do Nascimento).

Propaganda brasileira de 1983 da Atari 2600. A Atari foi fabricada no Brasil pela Polyvox.

Outra propaganda brasileira de 1983 da Atari.

As 10 figuras de ação raras

As crianças adoram reencenar cenas de seus heróis favoritos com seus brinquedos, mas no passado, nem todas as figuras de ação eram tão fáceis de encontrar como os outros, apesar da popularidade dos personagens. Devido às linhas de produção a ser interrompido, erros durante o processo de produção, e lançamentos internacionais, algumas figuras de ação nunca chegou às prateleiras nos Estados Unidos, ou estavam disponíveis apenas por um período limitado, tornando-os extremamente raros. Estas figuras colecionáveis ainda podem ser encontradas por aí….

1) Yak Face

No momento em que a linha de figuras do Star Wars foi interrompida devido às baixas vendas, apenas uma figura tinha sido concluída. Kenner estava relutante em destruir o estoque de Yak Face, por isso foi distribuído para a Europa e Canadá. Nunca foi vendido no varejo nos EUA e esta figura de ação tornou-se uma muito rara e procurada.

80s90sCashInAttic-US-1

Fonte de inforamção:  Geek Tyrant / Toy Value / Toy Worth

 

2) Vlix

Vlix era um vilão em “Star Wars: Droids”, um desenho animado spin-off de Star Wars, que foi cancelada após 13 episódios. Kenner, o fabricante de brinquedos dos EUA da franquia, já tinha feito o molde do Vlix, mas rapidamente a linha foi interrompida. No entanto, o molde de alguma forma chegou a empresa brasileira Glasslite. Eles conseguiram produzir e comercializar a figura de ação Vlix pouco antes de a série ser cancelada.

 

80s90sCashInAttic-US-1

Fonte de informação: Geek Tyrant / Toy Value / Toy Worth

 

3) Tytus and Megator

Tytus e Megator estavam destinados a ser inimigo declarado no spin-off do “Masters of the Universe” chamado “Powers of Grayskull”.As figuras de ação eram grandes, com 40,64cm (16 polegadas) de altura, e foram liberados apenas no mercado europeu, tornando-os colecionáveis nos EUA. No entanto, desde que a série planejada e figuras foram interrompidas quase que imediatamente, estes itens já são consideradas descobertas muito raras.

4) The Blank

A versão original da figura de ação Blank, não foi lançada, já que apresentava uma máscara removível que revelava a identidade do personagem, portanto, arruinando o enredo do filme “Dick Tracy”. Planos de lançar uma nova versão nos EUA dos brinquedos também falharam quando a linha de “Dick Tracy” não teve em sucesso. Apenas um número limitado dos números foi divulgado, e estes estavam disponíveis apenas no Canadá.

5) Dinosaucers

Dinosaucers era um desenho animado sobre duas espécies de dinossauros alienígenas lutando uns contra os outros na Terra. A linha de brinquedos foi criada, mas nunca foi iniciada, como os desenhos animados não foram considerados bem-sucedidos o suficiente. Os moldes foram então vendidos para empresa brasileira Glasslite, que então produziu algumas das figuras e comercializado no Brasil.

6) Laser Power He-Man and Laser Light Skeletor

Mesmo com a queda na popularidade do “Masters of the Universe” nos EUA, o desenho manteve-se popular na Europa. Enquanto a produção de brinquedos praticamente deixou o mercado norte-americano, um pequeno número de figuras ainda era produzido e lançado antes da linha ser terminada. Laser Power He-Man and Laser Light Skeletor estavam entre estes, proporcionando recursos de foco de luz, tipo laser em suas armas.

7) El Capitan Rayo

Não muito diferente de Superman, El Capitan Rayo era um super-herói inventado por uma empresa de brinquedos Sul americana que comprou os moldes da figura de ação dos Super Powers. Tendo criado o novo personagem, eles lançaram a figura de ação somente na Columbia.

8) Attack Armor Batman

Duas figuras combinadas com elementos originais variados do Batman e variedade do DC Super Heroes, o conjunto Attack Armor Batman só foi lançado na Austrália e na Europa. Nunca foi lançado nos EUA e não há nenhuma versão semelhante, o Attack Armor Batman é altamente colecionável.

9) Galaxy Rangers

Um cruzamento entre o ocidente, animação japonesa e uma aventura espacial, o Galaxy Rangers nunca foi popular o bastante para justificar a comercialização das figuras de ação. Enquanto a produção dos brinquedos foi interrompida nos EUA, mas algumas figuras foram feitas para o mercado europeu. As figuras não são tão valiosas em termos monetários como outras figuras de ação, mas ainda são raridades.

10) MacGyver

A Glasslite produziu o brinquedo MacGyver, mas não incluiu um análogo americano. Também foi lançado no Brasil um ano após o show ter sido cancelado nos EUA. Ambos estes fatores tornam a figura de ação procurada altamente colecionável.

Conclusão: Figuras encontradas em suas embalagens originais são muito mais valiosas do que as figuras soltas e é um colecionável incrível.

Fonte: eBay