Como fixar o preço de antiguidades e colecionáveis

Avaliando uma antiguidade antes de comprar ou tentar determinar um bom preço de venda pode ser tedioso e prolongado ou pode ser rápido, simples e até divertido. O importante é reunir informações o mais rápido possível. O valor de qualquer antiguidade ou colecionável é definido por quanto alguém está disposto a pagar pelo item em um determinado dia. Produtos em lojas de antiguidades ficam anos parados somente acumulando poeira porque estão com preços além e seu valor. Este é um erro muito caro para o revendedor. Um item sem vender pode ser substituído por outros artigos negociados em curto espaço de tempo. É melhor fazer um pequeno lucro em um monte de itens do que nenhum lucro em um artigo – elefante branco- empoeirado supervalorizado. Aqui estão algumas maneiras de encontrar e usar recursos para vendas e avaliações de seus produtos.

https://www.facebook.com/acervovintage

Passos

 1 – Assistir programas de televisão que falam do assunto e que mostram informações úteis. O melhor exemplo seria as séries de reality show sobre antiguidades – não só por diversão para o colecionador casual, mas o colecionador sério também irá saborear e definir a memória de todas as bugigangas e informações oferecidas aos avaliadores convidados. Muitas vezes essas pessoas são “peritas dos negócios”, mas também mestre de sua própria paixão. É aí que a grande informação vem. Esses pequenos casos interessantes aumentam o valor de cada item em algum grau.

Exemplo: Vamos dizer que você possui um Camaro, 1967. Vale alguns dólares. Se o presidente é conhecido por ter um carro semelhante e ainda o vendedor se gaba “é o carro favorito que eu possuía”. Esse boato vai aumentar o valor ligeiramente. Agora vamos dizer que o mesmo Camaro, 1967 era propriedade do presidente quando ele estava na faculdade. Essa pequena informação pode dobrar o valor do carro. Obviamente, um Camaro não constitui uma antiguidade, os telespectadores do reality show vão atestar, e os maiores valores quase sempre têm um nome ligado na história.

2 – Certifique-se de qualquer livro que você compre esteja carregado com fotos. Livros antigos e colecionáveis são cheias com informações e você pode comprar livros sobre quase qualquer coisa antiga ou colecionável. Os melhores lugares para encontrar essas fontes são livrarias, sebos, internet e em lojas de antiguidades maiores.

3 – Você pode utilizar o auxílio de mais de um avaliador profissional até que tenha certeza sobre a consistência das avaliações. Alguns profissionais  levarão o seu item para procurá-lo em um livro, cobrará uma taxa e terminará sem mais esforço. Tenha cuidado. O melhor avaliador vai ser de uma casa de leilões, que abastece com mesmos tipos de antiguidades ou colecionáveis. Nestes lugares eles querem vender o item para você e não é provável que jogue um número aleatório lá fora. Em qualquer caso, nunca levar uma avaliação como o valor final.

4 – Procure lojas de antiguidades. Antiquários são melhores porque você pode tocar e ver os itens. Ter a experiência prática lhe dirá muito sobre o seu item. Neste lugar você encontrará o dono ou um empregado para tirar suas dúvidas. Na maioria dos casos, as pessoas que trabalham nestas lojas são negociantes e tem um bom conhecimento sobre a maioria das antiguidades e colecionáveis. No entanto, esta poderia ser uma coisa regional ou mesmo limitado ao que eles gostam. Use a sua informação como base ou guia. Tenha muito cuidado em levar informações de um negociante como a palavra final, a menos que você mesmo é muito familiarizado com o produto e fornecedor. Dito isto um negociante que está há muito tempo no comércio ou que passou algum período como um “catador” pode ser a melhor fonte que você nunca vai encontrar.

5 – Visite casas de leilão. Duas casas de leilões conhecidas são a Sotheby’s e Christie’s. Ambos oferecem avaliações. Em alguns casos, livres, noutras situações, pode haver a necessidade de uma taxa. Há um grande número de casas de leilão lá fora, e entrar em contato com eles é tão simples como ficar on-line e fazer uma pesquisa. Outra coisa legal sobre casas de leilões são os catálogos impressos de itens para o leilão. A maioria dos itens tem um valor estimado de comercialização e por causa das fotos e pré-avaliações os catálogos são recursos colecionáveis e tem um bom valor de revenda. Itens vendidos nestes tipos de estabelecimentos são geralmente bem superiores e pode encontrar coleções importantes, de um quadro de Rembrandt ao original Star Spangled Banner de Francis Scott Key se fosse disponibilizados pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.

6 – Confira sites de leilão online. Nestes sites de leilão você encontrará itens com abundância. É aqui onde você obterá a mais próxima e verdadeira avaliação do seu artigo ou colecionável. Lembre-se qualquer coisa vale o que alguém está disposto a pagar por ele – e não o preço pedido. Entre e procure o item nos sites de leilões. Veja todas as listas até o fim (provavelmente terá que se cadastrar). Isto é o que as pessoas estão dispostas a pagar e é provavelmente a melhor estimativa em tempo real do verdadeiro valor do item. Se você não tentar qualquer uma das outras fontes não pule esta.

Dicas

Leve um laptop ou um telefone celular  para pesquisar as suas fontes antes de comprar. Você pode salvar (pense no valor para revender) pequenas quantidades para centenas de reais através de uma rápida verificação da internet. Se você não tem acesso portátil de internet, hoje em dia a maior parte dos celulares enviam imagens para um parceiro de trabalho que está em casa pesquisando on-line para você.

Advertências

As reproduções não são falsas. Normalmente, têm um valor superior (embora muito menos do que o original) e claramente não se destinam a enganar o comprador.

Falsificações existem em praticamente tudo que você pode coletar. Pesquise fotos online e descrições de falsificações para que você saiba ao certo o que você tem.

Reality show sobre antiguidades é uma fonte, mas somente se você tiver o item exato sobre o programa. A razão é que infelizmente não há nenhuma base de dados pesquisável de todos os itens que têm avaliados ao longo dos anos. Uma pena, porque na verdade muitas das avaliações são dadas com uma grande quantidade de informações históricas sobre os itens. Se você já viu o reality show sabe que muitas vezes dão um valor referido como valor seguro ou valor segurável. Isso é ótimo se você está esperando algum tipo de calamidade, resultando em perda de bens pessoais, caso contrário não tem sentido a não ser para a companhia de seguros.

Fonte: wikiHow

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s